“Eu lhes dou um novo mandamento: que vocês amem uns aos outros.Assim como eu os amei…” João 13:34

Amor que gera Vida aponta duas vias de uma mesma estrada a ser percorrida. De um lado a proclamação do Evangelho do Arrependimento, isto é, as boas novas de salvação.

A mensagem que o próprio Cristo pregou, a única capaz de gerar vida, e de forma paralela, fala das nossas ações em amor, que alcançam as pessoas que estão ao nosso redor, e apontam para o que Jesus nos ensinou.

A questão aqui é: Com palavras ou ações, queremos anunciar o Reino de Deus.

Este tema revela o desejo que temos de ver e viver uma juventude avivada, que busca a Deus de maneira intensa e demonstra o amor na vivência com o outro. E se queremos que as pessoas vejam Cristo, nós não precisamos aparecer.

É como na canção dos Arrais, “que o meu nome morra com o meu corpo e que o de Cristo permaneça em tudo”, a cidade continua sendo o grande desafio da Igreja; é aqui que precisamos mostrar a nossa força e criatividade, sobretudo, o nosso amor.

Acesse o hot-site da Juventude Batista Brasileira para o mês da juventude 2020, e encontre sugestões de atividades, estudos, reflexões e desafios a serem vividos nos âmbitos pessoal e coletivo a partir de sua comunidade.

Amor que gera Vida é uma declaração sobre a pessoa de Jesus.

Amnom Lopes
Juventude Batista Brasileira