História. É o que se testemunhou no dia nove de dezembro de 2017. Pela primeira vez, os líderes das juventudes da maior região metropolitana do país estiveram reunidos para discutir os caminhos da juventude para o futuro. Com 33 presentes, entre Conselho Deliberativo, e 15 lideranças de jovens e adolescentes, nos reunimos na IB do Brooklin, na Zona Sul da capital paulista.

Com um gracioso café da manhã oferecido pela igreja local, reflexão do pastor da juventude local Moisés Albuquerque, que exaltou a unidade no trabalho e os exemplos que devemos refletir de Cristo, conversamos por mais de três horas sobre nós mesmos.

Em comum, a maioria das jubas sofrem de um problema crônico: a falta de credibilidade. Mas, como bem lembrou o líder do DEPAC (Departamento de Adolescentes do Extremo Leste do Capital) Francisco Assis, o Tiodia, “credibilidade vem com muito trabalho, e não desistir. É preciso dar o caminho das pedras e treinar novos líderes para manter o trabalho no futuro”.

Pensamos em conjunto as diretrizes de trabalho para o biênio 2018/2019, apresentamos a agenda JUBESP de 2018 e os desafios que temos, entre eles alcançar mais jovens, integrar as jubas e participarmos como corpo do trabalho, auxiliando umas às outras.

E o mais importante ficou para o final: Sendo um corpo, firmamos o “PACTO DA JUVENTUDE BATISTA DO ESTADO DE SÃO PAULO”, em que nos comprometemos a auxiliar juventudes que estão com dificuldades ou desativadas, trabalhar para uma agenda unificada em 2019 e compromisso com formação de liderança e apoio ao jovem da região metropolitana de SP.

Somos gratos a Deus por tudo que vivemos e sentimos neste dia, e é apenas o começo. Iremos até os confins do nosso estado para trabalharmos pelo bem do nosso jovem Batista. A Deus a Glória pelo ajuntamento que temos vivido!

Foto: Anderson Lima

Foto: Anderson Lima

Foto: Anderson Lima